Escrivaninha

Notícias

Brasil prepara mais de 400 aviões para combater "praga de gafanhotos"


A nuvem de gafanhotos que devastou lavouras na Argentina, está se aproximando do Brasil, a cerca de 130 quilômetros de distância da fronteira com o município de Barra do Quaraí, localizada na região Oeste do Rio Grande do Sul.

Com isso, o Ministério da Agricultura anunciou nesta quarta-feira (24) que pretende usar 400 aviões agrícolas para combater a praga, mesmo com a possibilidade desta nuvem de gafanhotos não chegar ao Brasil.

O sindicato que representa as empresas de aviação agrícola (Sindag) informou que entrou em contato com o Ministério da Agricultura e colocou a disposição do governo cerca de 426 aviões pulverizadores existentes no Rio Grande do Sul.

De acordo com os especialistas, as condições climáticas podem ser determinantes neste caso, os gafanhotos preferem o tempo seco e quente, há previsão de mudança climática na região sul do Brasil com a chegada de uma nova frente fria que trará chuva.

Na semana passada, o governo argentino informou que esta espécie de gafanhotos têm como principal característica a migração. Em condições climáticas favoráveis, uma nuvem de gafanhotos pode percorrer 150 quilômetros em um dia e devorar tudo que encontra pela frente.

19 visualizações0 comentário